9 Meses :: 9 Months

15.7.14


"Um homem chegou aos quarenta anos e assumiu a tristeza de não ter um filho. (...) Estava sozinho, os seus amores haviam falhado e sentia que tudo lhe faltava pela metade, como se tivesse apenas metade dos olhos, metade do peito e metade das pernas, metade da casa e dos talheres, metade dos dias, metade das palavras para se explicar às pessoas. (...) Via-se metade ao espelho porque se via sem mais ninguém, carregado de ausências e de silêncios como precipícios ou poços fundos. Para dentro do homem era um sem fim, e pouco ou nada do que continha lhe servia de felicidade".

Valter Hugo Mãe, in "O Filho de Mil Homens"
...
"A man arrived at forty years and assumed the sadness of not having a son. (...) He was alone, his loves had failed and felt that everything was missing in half, as if he only had half eyes, half chest, half legs, half the house and cutlery, half days, half the words to explain himself to people. (...) He saw half of himself in the mirror because he had no one else, loaded with absences and silences as cliffs or deep wells".

                                                                                        Valter Hugo Mãe, in "O Filho de Mil Homens"

Much Love,
Ana*

7 comentários:

  1. Lindo excerto.E as fotos...uma fofura.
    Parabéns pelo exercício diário de amor e cuidado :)

    ResponderEliminar
  2. Lindo texto, adequa-se prefeitamente.
    Ana, já regressaste ao trabalho?
    bjinhos

    ResponderEliminar
  3. Verdade. Sempre vivi com uma sensação ou sentimento de ausência, mas sem nunca ser capaz de explicar porquê, pois sempre tive tudo para ser feliz. Até que tive o meu filho e esse vazio desapareceu. A minha alma está completa.
    Está muito bonita a tua filha :)

    ResponderEliminar