Pão de Limão e Sementes de Papoila :: Lemon Bread with Poppy Seeds

27.2.14






Deixem-me contar-vos uma história sobre fazer produções fotográficas com comida, enquanto se tem uma bebé recém-nascida em casa. Esta foi sem dúvida a receita e a sessão com mais percalços. Na verdade, foram duas sessões e duas receitas. Vai que na primeira tentativa de fazer este pão, o início correu muito bem. Fotografei os ingredientes, fiz o styling, preparei a massa...até que uma certa princesa decidiu interromper a sua sesta começando a choramingar (o que quase nunca acontece... parece que estava a adivinhar que a mamã estava entretida).Ora com o forno já ligado e de massa preparada fiquei tão baralhada que sem pensar atirei a massa para cima do papel vegetal e meti-a no forno. Subi as escadas para ir acalmar a bebé, e quando finalmente volto à cozinha fico petrificada a olhar para o forno e a pensar: "Mas o que é que eu fiz? Porque raio não pus a massa numa forma???". E pronto, nesse dia comemos um pão que parecia uma poça, mas que até estava bem saboroso [e é claro que não me livrei de ser alvo de chacota]. Assim, passado uns dias, dei a mim própria e a este pão uma 2ª oportunidade de ele cozer numa forma adequada e ficar bem bonito como merecia. Como devem calcular as fotos desta receita são de dois dias diferentes... ;)
Pfffff... Mãe Cozinheira e Fotógrafa sofre! É claro que cá em casa, a família não se importou nada de repetir este delicioso pão duas vezes na mesma semana.
...
Let me tell you a story about making a photo session with food, while having a newborn baby at home. This was undoubtedly the recipe and the session with more mishaps. Actually, there were two sessions and two recipes. In the first attempt to make this bread, it all began very well. I shoot the ingredients, did the styling and prepared the dough... until a certain princess decided to interrupt her nap starting to whine ( which almost never happens ... it seems she was guessing Mom was making something important.) So, with the oven already preheated and the dough ready to be cooked, i was so messed up that without thinking I threw the dough onto the parchment paper and stuck it in to the oven. I climbed the stairs to calm my baby, and when i finally came back to the kitchen I was petrified staring at the oven and thinking: "What was i thinking? Why the hell i did not put the dough in a platter?" And that day we ate a bread that looked like a puddle, but it was quite tasty [and of course, i didn't get rid of some jokes about that messy episode]. So I gave myself and this bread, a 2nd chance to bake it in a proper pan and stay beautiful as well it deserve. So, as you can guess the photos of this recipe are from two different days ... ;)
Pfffff ...Cook Mother and Photographer suffers! Oh! Of course, here at home my family didn't bother to eat this same delicious bread twice in the same week!


Song while Cooking: "Lonely" by Mishka


Ingredientes:

Massa: 7 gr. Fermento; 120 ml Água morna; 60 gr. Manteiga sem sal, derretida; 50 gr. Açúcar; 1 gema de ovo; 1 Ovo grande ligeiramente batido; 1 pitada sal fino; 400 gr. farinha de trigo;1 c. chá de essência de baunilha; [costumo usar esta]; 2 c. sopa de sementes papoila.

Cobertura Crocante: 1 ovo batido; 1 chávena de açúcar [ou 2 chávenas se preferirem um pão mais doce], 2 c. sopa de raspas de limão.
...
Ingredients:

Dough: 7 gr. Yeast, 120 ml warm water, 60 gr melted unsalted buttermelted, 50 gr. Sugar, 1 yolk egg, 1 large egg lightly beaten, 1 pinch salt, 400 gr. all pourpose flour; 2 tbs poppy seeds; 1teaspoon Vanilla Essence [i use this one]. 

Crispy Cover: 1 beaten egg, 1 cup sugar [or 2 cups if you prefer a sweeter bread], 2 tbsp lemon zest.






Mãos na Massa:
Numa tigela grande, dissolver o fermento na água morna e deixe repousar por 5 minutos.
Misturar a manteiga, o açúcar, o ovo, a gema, a farinha, o sal e as sementes de papoila e amassar até obter uma massa homogénea.
Tapar e deixar descansar por 2 a 24 horas.
Pré-aquecer o forno a 200º.
Untar a forma com farinha. Colocar a massa na forma e pincelar com o ovo batido. Por cima colocar a mistura do açúcar e das raspas de limão.
Levar ao forno por 25 minutos ou até que esteja dourado.
...
Let's bake it:
In a large bowl, stir in the yeast in warm water and allow to sit and foam for 5 minutes. Mix butter, sugar, egg, egg yolk, flour, salt and poppy seeds, and knead until you get a smooth dough. Cover and let it sit for 2 to 24 hours. 
Preheat oven to 200 º. 
Grease with flour the bread pan. Stir in the dough and brush the top with the beaten egg. Put the sugar and lemon zest mixture over it.
Bake for 25 minutes or until the top gets golden brown.






Um dia, quando a Ema for crescida e eu fizer este pão doce para nós [numa tarde fria e chuvosa de Domingo], vou voltar a contar-lhe este episódio. Tenho a certeza de que se vai rir com aquele ar maroto que já lhe conheço tão bem.
...
One day, when Ema is all grown up and I make this sweet cake for us [on a cold and rainy Sunday afternoon], I will tell her this episode. I'm sure she'll laugh with that roguish smile that i already know so well.

Much Love,
Ana*

24 comentários:

  1. Huumm, tem óptimo aspecto! São estas memórias que fazem a diferença :)

    ResponderEliminar
  2. e ainda assim consegues um trabalho maravilhoso.
    lembro-me tão bem de dias assim, em que fazia fisgas para que ele não acordasse. o nome dos posts eram na altura " enquanto ele dorme". mas é assim mesmo, e é tão bom!

    ResponderEliminar
  3. Bom dia! que aspecto delicioso! Alguma vez experimentou com farinha de espelta/kamut??
    Marisa

    ResponderEliminar
  4. Deve ser mesmo bom, por isso é que tiveste que fazer 2 vezes. A tua criança apenas queria sentir esse cheirinho em casa outra vez :)
    Esse pão tem um aspeto fabuloso.
    Bjs, Susana

    ResponderEliminar
  5. hum, que aspecto tão bom :) Quero fazer isso :) só duas coisas linda, não referiste na receita as sementes de papoila, quando é que entram? e outra coisa, disseste repousar entre 2 a 24 horas? tanto faz se são 2 ou 24 horas? **

    ResponderEliminar
  6. Guardei a receita para experimentar uma tarde destas;) Lindas fotos...como sempre! E que marota, a Ema:) Daqui a uns meses já vai é querer ajudar a fazer a massa. E parece que pressentem mesmo que estamos entretidas e resolvem acordar da sesta, faz parte! E para além desta essência de baunilha recomenda outra fácil de encontrar no hipermercado? E a manteiga sem sal qual a que costuma usar? Boas receitas;) Cátia

    ResponderEliminar
  7. Pois, gosto muito deste pão. Aliás, tenho um amor por tudo o que tenha citrinos. E conheço muito bem os contratempos de que falas :), tendem a aumentar à medida que os meninos crescem (mas nós também vamos arranjando técnicas para contornar a coisa)

    ResponderEliminar
  8. Oh uma sugestão com uma história ainda mais saborosa e que certamente no futuro será motivo de muitos sorrisos, ficou lindo e com tudo que adoro, o melhor mesmo é o facto de poder repousar tantas horas pois nem sempre num dia fazemos tudo.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  9. vou tentar fazer, mas na máquina do pão :)

    ResponderEliminar
  10. Deve ser óptimo :) a máquina de café onde comprou? é linda.
    Obrigada

    ResponderEliminar
  11. Deve ser óptimo :) a máquina de café onde comprou? é linda.
    Obrigada

    ResponderEliminar
  12. E vivam as segundas oportunidades :) Tem óptimo aspecto e um styling fantástico.

    ResponderEliminar
  13. E vivam as segundas oportunidades :) Tem óptimo aspecto e um styling formidável.

    ResponderEliminar
  14. Muitas vezes as receitas não dão certas e temos que tentar novamente. Pelo visto deve ter ficado uma delícia ,eu adoro pão e de preferência os feitos com sementes e misturado com farinha escura. Bjinhos

    ResponderEliminar
  15. Como imaginas eu sei mesmo muito bem do que falas. No meu caso aliás, são duas bebés e ainda um terrorista que agora quer fazer tudo o que me vê fazer e, claro, comer tudo também... mesmo que seja massa ainda por cozer ;)
    Adorei as fotos e esse pão :)

    ResponderEliminar
  16. Olá Ana, adorei as peripécias! Como te percebo, quando há pequenos por casa, há sempre alguns "atropelos" durante as confecções!
    O pão tem um aspecto tão delicioso, adoro a combinação do limão e das sementes de papoila, costumo fazer em bolinho de iogurte.
    Acho que também não me importava de comer este pãozinho duas vezes na mesma semana!
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  17. Um pãozinho delicioso, realmente :-)
    E isso de bebés acordarem nas alturas mais depropositadas, foi a minha sina. Esses bichinhos parece que adivinham as melhores (piores) alturas para dar o arzinho da sua graça. Mas nada que não se repita, com toda a força de vontade e desdobramento que precisamos ter.
    Um beijinho à princesa do mar, de olhar maroto.
    CláudiaV

    ResponderEliminar
  18. Este pãozinho ficou lindo e o limão e as sementes de papoila é uma daquelas combinações que se torna um clássico... fica tão bem :)
    Gostei das histórias :)

    ResponderEliminar
  19. Tem tão bom aspecto!!!! O fermento recomendado é daquele das saquetas ou é de bloco?

    ResponderEliminar
  20. Aqui em casa tambem tem acontecido uns episodios engraçados do mesmo genero, principalmente nas primeiras semanas. Agora melhorou, ja consigo dedicar-me com mais tempo e calma a leitura de livros e a execuçao de receitas, e consigo tempo para fotografar, o que acho extraordinario :)
    Este teu pao ficou espectacular.

    ResponderEliminar
  21. Que história fantástica, adorei as fotos! O pão deve ser muito bom e deve ter um aroma brutal. Adorei um beijo para os 3

    ResponderEliminar