Mum's Stuff

4.11.13


Coisas que eu desconhecia, e que tenho aprendido nos últimos tempos [futuras mamãs preparem-se]:

- Que sou capaz de me emocionar com uma simples música lamechas e de chorar de felicidade cada vez que olho para a minha filha [e de chorar de dor mais que ela...como acontece em dia de vacinas]...
- Desconhecia a quantidade infinita de coisas que conseguimos fazer só com uma mão [enquanto seguramos a bebé com a outra]. A sério, e tudo pode ajudar desde o nariz até aos pés.
- A felicidade estranha que sinto de ter um grande cocó e xixi para limpar [é sinal de que se está a alimentar bem]
- O que fica por fazer quando a bebé está a dormir... armários ficam por fechar, espirros ficam por dar, autoclismos ficam por puxar :)
- Como é chato termos visitas quando a bebé desata num berreiro... a única coisa que queremos é dar-lhe atenção e acalmá-la, mas temos que estar a "fazer sala" ao mesmo tempo. [temos sorte de não termos daquelas visitas que querem acordar a bebé de propósito só para poderem pegar nela. A hora do sono é sagrada, e devem-se respeitar as necessidades dos bebés e não a vontade das visitas!!!].
- Que amamentar [de 3 em 3 horas] é muito bonito, mas cansa mais que fazer 3 horas de ginásio seguidas... é uma verdadeira maratona que nos volta a pôr em forma em 3 tempos.
- Tenho saudades de dormir 8 horas seguidas [mas que fazer? todos os pais passam por isto...], e de beber sangrias e mojitos :)
- Tenho "medo" deste amor tão gigante que se apoderou de mim, que me domina e que me faz tão imensamente feliz.
...
Things I didn't know, and I have learned these days [future mums prepare yourself ] :

- I can thrill with a simple lame song and cry with happiness every time I look at my daughter [ and cry in pain more than her ... as in days of vaccines, for example] ...
- The endless amount of things we can do with only one hand [while holding the baby with the other one] . Seriously, and your nose or feet can help you too].
- The happiness I feel when i have a big poop and pee to clean  [it is a sign that she is feedding well]
- Things we don't do when the baby is sleeping: doors we don't close, we don't sneeze, and we don't pull the toilet :)
- How annoying it is to have visits when the baby is crying and screaming ... the only thing i want is to give her attention and calm her down , but we have to be "smiling" to the visitors at the same time;
- Breastfeeding is very beautiful but more exaustive than being at the gym for three hours ... is a marathon that puts you in shape very fast.
- I miss sleep 8 hours straight [but what can i do? all parents go through this ... ], and i also miss drinking mojitos and sangrias :)
- I'm "afraid" of this gigantic love that gripped me, dominates and makes me so immensely happy .

Much Love,
Ana*

29 comentários:

  1. ohh se é.... fantástica descrição... é isso mesmo

    ResponderEliminar
  2. Pés... adoro os pés dos bebés... Adoro dar beijinhos nos calcanhares ☺ e que pés compridos que ela tem ☺ linda... Muita saúde e muitas felicidades ♥

    ResponderEliminar
  3. congrats! é uma sensação única que faz de nós as pessoas mais sensíveis no mundo, mas as mais fortes sem dúvida com forças desconhecidas. ;) parabéns!

    ResponderEliminar
  4. Que publicação bonita Ana. Não sei, nem consigo imaginar a beleza de ser mãe. Mas sonho com isso. Sou muito maternal e adoro bebés. Ainda no fim de semana organizei um lanchinho para as minhas tias e primas bebés e foi uma ternura poder passar uma tarde inteira com elas ao colo. Ainda não, sou muito nova, imatura - sem dúvida. Mas acabe eu os estudes, organize eu a minha vida, e a prioridade será ter um bebé e passar por esse magnifica experiência que é para a vida. A da maternidade! Muitas felicidades e tudo de bom neste mundo para vocês.

    Um beijinho, Sara ♥
    http://littletinypiecesofme.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. É assim mesmo. A vida nunca mais é a mesma mas vale bem a pena. Lembro-me muito bem de fazer coisas so com uma mão, falta de descanso, os meus que nunca davam intervalo de 3 horas para mamar... Enfim, mas é um amor que não tem explicação sente-se. Parabéns.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  6. Como eu compreendo! O amor e a felicidade são imensas. A dor deles dói-nos mais a nós e o nosso mundo gira em torno deles! Felicidades! Bjinhos

    ResponderEliminar
  7. so true, somos maiores e mais fortes do que pensávamos e o nosso coração também o é, muito maior, mas também mais apertado :)

    ResponderEliminar
  8. Olá,
    que linda essa descoberta cheia de emoção, essa fase passa tão rápido. Aproveite e sejam felizes.
    Tenha um ótimo início de semana.

    ResponderEliminar
  9. Tomara eu saber o que isso é :( entristece-me saber que com a idade que tenho eu própria ainda sou um bebé. É tão bonito aquilo que estás a sentir de momento. Um beijinho grande e muitas felicidades xxx

    ResponderEliminar
  10. Ana,
    Sou futura mamã e a descrição enquadra-se naquilo que espero encontrar :)
    ...menos na saudade de dormir 8 horas seguidas. Não sei o que é isso há anos e por isso, não devo de sentir muito a falta.

    Amor incondicional por cada ruguinha desse corpinho pequenino é avassalador :)

    ResponderEliminar
  11. Um admirável novo mundo, maravilhoso!!! E esse amor não pára de crescer ;)

    ResponderEliminar
  12. Lindo, lindo e lindo :)
    Tanto as fotos como o texto!
    Mal posso esperar para viver essa experiência de ser mãe :D
    Beijinhos*

    trezemundos.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  13. Que texto e fotos tao delicadas e doces, anseio tanto o dia em que tambem eu tenha um anjo
    As maiores das felicidades para voces ^^

    ResponderEliminar
  14. Não há coisa melhor, não pode haver!! Quero tanto tanto ser mãe.. :)
    http://allaboutmakemehappy.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Não há coisa melhor, não pode haver :) Quero tanto ser mãe, tanto tanto tanto!
    http://allaboutmakemehappy.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. Lindas estas palavras... E tão verdadeiras!
    Se me permites dou-te um conselho. Fecha portas de armário, puxa autoclismo, espirra (esta um pouco distante do bebê ;-)
    Se ela não se habituar a um pouco de barulho, vais ter a vida num tormento!!! A minha filha à com ta disso acordava com o barulho de uma folha de papel... Bem arrependida fiquei de ter a casa completamente em silêncio nesses momentos de sono!
    Desculpa o abuso, mas é só um conselho... Adoro, amo, os pés dos bebês :-)
    Beijinhos e ... Que lindo é ser mãe!
    ClaudiaV

    ResponderEliminar
  17. Que delicia de post Ana... Isto é a essência de se ser mãe! :)

    ResponderEliminar
  18. Tão bom...é daquelas coisas inexplicáveis...o pior é o que está para vir...
    ...porque esse amor absurdo cresce à velocidade de um sorriso dessa boca pequenininha, ao som de um gemido e ao apertar de um dedo como nesta foto. É tão bom!!!!

    ResponderEliminar
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  20. Nunca aqui tinha comentado [gosto mais de ouvir que falar. :) ], mas este post descreve tão precisamente o eu penso/sinto que não consegui resistir [tirando a parte das sangrias e mojitos]!
    Mas é uma maravilha e quando a casa está muito sossegada por estarem a dormir até se estranha. :)
    E durante a noite, ao acordar cheia de sono para alimentar a criança, ao vê-la não passa logo o sono?
    Como é possível ficarmos tão apaixonados por um ser que ainda nem nos distingue a face??

    Beijinhos e bom proveito dessa nova era que é simplesmente linda e maravilhosa [mesmo com toda as cólicas e prisões de ventre!]. :)

    ResponderEliminar
  21. Ohh, que pezitos e mãos tão perfeitinhos, dá vontade de trincar.
    Como é que um ser tão pequenino altera tanto a vida de uma pessoa, não é? Mas o amor é tão grande, que tudo parece fácil. É tão bom sentir o amor que sentes pela tua filha, as tuas palavras transpiram felicidade.
    Boa continuação :)

    ResponderEliminar
  22. Que bonito partilhares estas coisas.:) Gosto de ir aprendendo, para quando passar (espero eu) por isso.
    Boa continuação de descobertas!*

    Beijinho,
    Olivia

    ResponderEliminar
  23. Olá Ana! Vi hoje pela 1ª vez o teu blog. Gostei principalmente das fotografias, em especial da última em que tu e a tua filha estão de mãos dadas. Estou a fazer um projecto de fotografia analógica cuja tema é Touch e me proponho captar precisamente o que captaste com a tua maquina. Fica o site: vaniasrelvas.com
    Parabéns! Vânia

    ResponderEliminar