Às voltas no Mundo ::Grécia em pedaços no Diário de Bordo

29.6.11
Depois de derramado o cansaço nos meus lençóis, tento agora perceber se esta viagem não passou de um sonho, fantasia ou tubo de ensaio de uma experiência inacreditável.
Esta foi uma viagem feita com amor, num misto de preparação e improviso, de calma e descoberta...uma viagem para nos "deixarmos ir". Levámos isso à letra. Percebemos que cada vez mais a vida nos separa, e que por esse mesmo motivo temos que dar valor a estes raros momentos em que nos refugiamos num canto do planeta, e somos só nós!







Um viagem em que tudo aconteceu... Desde sermos recebidas com uma ópera 'grátes' num cenário idílico, até cair de pára-quedas em plena manifestação em frente ao parlamento de Atenas. Tivemos também direito a viagem de navio para as ilhas, de tentativa de nos levarem os pertences enquanto dormíamos ao relento da praia sob um céu que nos ofereceu um punhado de estrelas cadentes. Houve "Beach Party Fire Jumping" com direito a jogo de cadeira, limbo, música parolinha q.b., muitas personagens e um jovem que fez da perna churrasco ao saltar a fogueira armado em campeão. Houve fogo de artíficio, houve ringue de boxe vindo do nada (sério, não era porrada de rua, era mesmo um ringue...a preceito!!!). Houve viagens mirabulantes ilha fora (ao som da rádio grega que parecia que transmitia a mesma música no repeat) e houve também o Bonga na viagem de regresso com direito a "lágrima no canto do olho" por estarmos a ir embora...












Ao contrário do que nos disseram, Atenas é linda! A ilha de Naxos ainda mais. É a maior das ilhas Cíclades, a ilha de Dionísio (Deus dos vinhos e das festanças...só podia!!!) e a única ilha grega com praias de fina areia branca ...











Poderia ficar horas a falar das águas transparentes e quentes, do pôr-do-sol de cortar a respiração, do céu a rebentar de estrelas, das montanhas a perder de vista...Podia também falar dos gregos, essa espécie sizuda e mal encarada, antipáticos a passar da conta (e não, não estou a exagerar...a maioria é assim, e eu prefiro acreditar que andam de mal com a vida porque estão prestes a entrar em bancarrota, e que isso em breve lhes passa...hã hã.). Além disso, e só para piorar a nossa tentativa de socialização com os locals, o (an)alfabeto deste povo é de todo imperceptível (com caracteres matemáticos), e o inglês dos gregos é qualquer coisa de muito, digamos que... peculiar.














O que os gregos não têm em simpatia, compensam na mão cheia para a cozinha. A Grécia entrou, sem dúvida, para o meu top culinário. Rendemo-nos aos prazeres e demandas da gula, correndo o sério risco de sairmos de lá a rebolar...Elas foi moussaka, tzatziki do bom, saladas de beringela, souvlaki, saganaki,vinho grego, os cremosos iogurtes gregos com mel...tudo saboreado de mãos dadas com os mais "colesterosos" queijos banhados de finas ervas e especiarias. Meus amigos...foi para a desgraça, que nós somos todas um bom garfo e meninas de fino sustento! Do que havia, não escapou nada!Vim apetrechada de receitas, dicas e livro de culinária, para tentar repetir as proezas gastronómicas pelas minhas próprias mãos.











Tudo fluiu feliz, como se por uns dias o mundo fosse um lugar perfeito.
"Já vos disse que estou muito feliz por estar aqui, com vocês?
"Huuumm...Hoje ainda não..."

Cai a noite, mas não o pano...e de volta a Atenas, esperava no porto da cidade, mais uma fornada de passageiros, copinhos de leite, que tal como nós as três, se preparavam para embarcar cheios de sonhos e planos, concretizar muitos deles e regressar com cor de chocolate.


De coração afagado de sol e mar, olho cheio de cenários gritantes, e as papilas gustativas com as expectativas bem lá em cima a roçar no céu, vimos o tempo escorrer-nos pelos dedos. Em menos de nada estávamos a aterrar em Lisboa.
Fica a promessa solene de uma próxima viagem, e as memórias felizes de dias leves.

p.s.: Esta notinha vai directamente para o meu namorido, fiel leitor deste blog, que me "libera" para estas reliquias de escapadinhas no feminino. Quando voltar à Grécia, será contigo. De resto, já sabes que vamos continuar a dar a volta ao mundo juntos ;)

4 comentários:

  1. e eu fiquei de água na boca... de tudo!Grécia já entraste para a minha lista de países que quero conhecer ehehhe

    ResponderEliminar
  2. jah es a 3ª pessoa hoje q me diz isso...tipo:"acabei de ler a tua crónica...fiquei com fome, vou comer, e já não quero mais ser tua amiga..só se me levares na próxima viagem"ihihih

    ResponderEliminar
  3. aiaiaiaaiiaia ... ke bounitoooo!! É tao romantica a minha fofuxa :D:D:D:D *** Nem kero comentar mais se n deito uma lagrimita do canto do olho (snif snif)

    ResponderEliminar
  4. Sem ir à Grécia já provei qquer coisita da sua gastronomia e...ADOREI. :-)QUEM ME DERA IR LÁ

    ResponderEliminar